Exercícios na Gravidez

A prática de exercícios físicos proporciona diversos benefícios em qualquer fase da vida, e durante a gravidez não é diferente, desde que a mulher esteja totalmente saudável.

Em alguns casos, como pressão alta ou placenta baixa, os exercícios devem ser restritos.

Por isso é indispensável consultar o médico antes de iniciar qualquer prática, e após a liberação um profissional qualificado deverá determinar a intensidade, a frequência e a duração correta para cada exercício.

No geral deve-se beber água antes, durante e após a atividade, usar roupas largas e confortáveis, escolher locais ventilados, nunca se exercitar em jejum e sempre respeitar os limites definidos pelo profissional.

Conheça algumas das melhores atividades para se praticar durante a gravidez:

Caminhada

É uma ótima opção para começar, principalmente para gestantes que eram sedentárias antes da gravidez. A caminhada diminui o estresse, aumenta o fluxo sanguíneo e melhora o condicionamento cardiovascular. Deve ser feita tranquilamente em superfície plana e temperatura ambiente abaixo de 38°C, por cerca de 40 minutos 3 vezes por semana.

Yoga

Praticar yoga é muito importante para as gestantes, pois o alongamento aumenta a flexibilidade corporal e relaxa as articulações, diminuindo assim as dores na coluna. Além disso, a atividade tonifica os músculos e os exercícios de respiração aumentam a circulação, melhorando o funcionamento do organismo, dos rins e também o humor. Os exercícios leves podem ser praticados diariamente, de preferência antes de dormir, e a atividade completa no mínimo 2 vezes por semana.

Pilates

É um dos exercícios mais indicados, pois trabalha a respiração e o assoalho pélvico contribuindo para um parto mais tranquilo, além de ajudar na redução da diástese abdominal. Porém, alguns exercícios e posições são contraindicados por isso deve ter o acompanhamento de um fisioterapeuta ou profissional especializado na modalidade para gestantes. Recomenda- se praticar de 2 a 3 vezes por semana, durante 1 hora.

Hidroginástica

Também bastante recomendada, a hidroginástica relaxa e diminui o estresse, além de apresentar menores riscos do que os demais exercícios. Por ser debaixo d’água, as chances de quedas ou lesões são praticamente nulas. A temperatura da água não deve estar acima de 31°C, e o pH deve estar entre estar entre 7,2 e 7,6 (informe-se sobre isso no local das aulas).

Pode ser praticada de 2 a 3 vezes por semana, durante 1 hora.